Foto: Getty Images

Revelado pelo Flamengo, Lucas Paquetá atua no futebol europeu desde 2019, quando foi comprado pelo Milan por nada menos que 35 milhões de euros. Embora não tenha se dado muito bem na equipe italiana, o meia conseguiu ganhar destaque no Lyon, onde cravou seu lugar na Seleção Brasileira e atraiu olhares de diversos outros times do Velho Continente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com muitos interessados no atleta brasileiro, um jornal francês afirmou que o PSG o vê como prioridade e tentará a contratação após o fim da temporada europeia. Caso se concretize, a transação poderá render alguns milhões ao Mais Querido.

De acordo com o mecanismo de solidariedade da FIFA, o Flamengo recebe 4% das transferências de Paquetá por ser o clube formador do craque. Anteriormente, quando o Milan optou por negociar o meia, cobrou 18 milhões de euros ao Lyon pela transação.

O time francês certamente não aceitará apenas repassar o valor pago aos italianos pelo jogador e pedirá um montante ainda maior pela venda. Com isso, o Mais Querido garante um lucro de ao menos 720 mil euros do valor total, cerca de R$ 4,5 milhões na cotação atual.

Vale destacar que o valor deverá aumentar, uma vez que, como dito acima, o Lyon deve querer lucrar com a transação. Desta forma, é esperado que um montante maior seja pedido em uma negociação pelo jogador.

Em alta no Velho Continente, Lucas Paquetá acumula bons números na temporada 2021/2022. Até o momento, o meia já entrou em campo 23 vezes pelo clube francês, marcando oito gols e distribuindo quatro assistências.