Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

As conversas pela renovação do contrato de Arrascaeta têm se arrastado nos bastidores do Flamengo há muitos meses. E, nesta segunda-feira (10), o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, atualizou a situação contratual do uruguaio, em fala externada logo após a apresentação do técnico Paulo Sousa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Hoje mesmo eu e Bruno (Spindel, diretor executivo) conversamos com o presidente sobre esse tema, avaliando outros caminhos para que pudéssemos resolver as questões solicitadas por seu empresário. Tenho certeza que vamos encontrar um caminho que atenda todas as pessoas envolvidas no processo. Tenho certeza que vai ficar muito tempo conosco e de maneira feliz.

Desde o primeiro semestre de 2021, o Flamengo tem esbarrado na exigência da compra da porcentagem pertencente ao Defensor, do Uruguai, sendo que o agente do camisa 14, Daniel Fonseca, não abre mão de 25% dos direitos econômicos do atleta.

Aliás, o nome de Arrascaeta foi citado novamente na entrevista coletiva desta segunda-feira (10). Mas por outro motivo. Marcos Braz citou o meia da seleção uruguaia para dizer que o Mais Querido não tem “preconceito contra jogadores sul-americanos”, quando questionado se o clube não estava escanteando o mercado continental na busca por reforços.

– Não temos preconceito contra jogadores sul-americanos. Arrascaeta está aqui conosco e talvez seja um dos principais nomes do elenco. Na América do Sul, o clube busca vendas altas para a Europa. Na Europa, você tem oportunidade de final de contrato. Foi assim com Rafinha, Filipe Luís e David Luiz. No nosso entendimento, as grandes oportunidades estão na Europa, e é lá onde vamos buscar.

De volta às atividades hoje, assim como o restante do elenco principal, Arrascaeta tem contrato vigente com o Flamengo até dezembro de 2023 – o clube pode estender por até mais três temporadas além. O jogador soma 135 jogos, 38 gols e 46 assistências pelo Mais Querido.